Quais os cuidados de manutenção das phalaenopsis?

07/06/2017 Flores

A phalaenopsis é uma das orquídeas mais belas e também uma das mais cultivadas por ser uma planta que se adapta bem aos ambientes internos. Bem tratada, a phalaenopsis pode florir o ano inteiro. Também é conhecida como orquídea mariposa, boca ou borboleta. O nome científico é Phalaenopsis hybridum. Há mais de 40 espécies de phalaenopsis, sendo que a maioria é híbrida.

 

Adubação da orquídea phalaenopsis

A orquídea phalaenopsis é bem resistente; a planta não necessita de muita adubação. Você pode colocar o adubo uma vez ao mês, que já suficiente para o desenvolvimento e manutenção da phalaenopsis. Use um adubo de qualidade, específico para a espécie, e siga as instruções do fabricante do produto escolhido.

 

Como regar a orquídea phalaenopsis

A phalaenopsis pode ser regada em intervalos de 7 ou 15 dias. Na época mais quente do ano, é preciso ter muita atenção com a rega para a planta não ficar desidratada. Observe também o peso do vaso. Se sentir que o vaso está muito leve é porque a planta precisa ser regada.

Evite usar água da torneira, que é clorada. Use água da chuva ou água mineral. Não sendo possível, você pode ferver a água da torneira e usá-la quando estiver na temperatura ambiente. É importante regar bem a orquídea, mas não deixe água acumulada no pratinho do vaso; não é bom para as raízes da planta nem para a nossa saúde, já que favorece o desenvolvimento do mosquito da dengue.

 

Luminosidade é importante para as orquídeas

A luz é muito importante para o desenvolvimento da orquídea. Por isso, escolha um local bem ventilado, onde a Phalaenopsis possa receber a luz solar, preferencialmente no período da manhã. No entanto, não deixe a planta exposta ao sol forte. Se necessário, coloque uma cortina ou outro tipo de proteção para protegê-la contra a insolação. Se você perceber que as folhas estão amareladas é porque a orquídea está no local errado, recebendo excesso de luz solar.

 

Temperatura certa para a Phalaenopsis

Originária de territórios asiáticos de clima tropical, a orquídea Phalaenopsis desenvolve-se melhor em ambientes com temperatura entre 15º e 28ºC. No inverno, não deixe os vasos em locais abertos. Ela não suportará temperaturas muito baixas. Coloque-as em lugares protegidos de ventos frios.

 

Florada o ano todo

Corte as hastes depois que as flores murcharem. As phalaenopsis, quando bem cuidadas, podem ter duas floradas ao ano e até uma haste nova. Portanto, trate sua orquídea com atenção para vê-la florida e viçosa o ano todo. Algumas chegam a passar mais de 12 meses floridas. Maravilha, não?

 

Troca de vaso

A fotossíntese da phalaenopsis é feita pelas raízes. Por isso, a planta deve ficar em vasos transparentes, que facilitam a penetração da luz solar. A cada dois ou três anos, esse tipo de orquídea deve ser transferida para outro vaso, pois os musgos que se formam dificultam a absorção de nutrientes pelas raízes. Raízes mortas devem ser retiradas cuidadosamente com as mãos.

Replante a orquídea em substrato adequado, mas só coloque adubo quando a planta estiver estabilizada.

Gostou dessas dicas sobre orquídeas phalaenopsis? Compartilhe e leia outros posts no blog!