Como ter plantas frutíferas em vasos?

13/09/2017 Plantas
Mão segurando frutos de plantas frutíferas (1)

Você já pensou em como seria ter árvores frutíferas na sua casa? Nós podemos até adivinhar a sua resposta: “mas nós não temos espaço!”. Hoje, este já não é mais um grande problema, pois é possível driblar a questão do espaço.

É claro que a diversidade de espécies é que vai determinar quão grande deve ser o ambiente, mas já não é mais preciso dispor de um sítio ou fazenda. Você já ouviu falar em cultivar plantas frutíferas em vasos? No post de hoje, nós vamos te ensinar!

 

Primeiro, o que pode ser plantado?

Muito mais opções do que você imagina! Além de poder ter frutas diferentes em casa, as diversas espécies ainda podem ser utilizadas para complementar a decoração do ambiente! Veja as espécies para unir o útil ao agradável:

  • jabuticabeira;
  • limão siciliano;
  • pêssego;
  • romã;
  • acerola;
  • caju;
  • cereja;
  • jenipapo;
  • laranja lima;
  • lichia;
  • nectarina.

 

Como se preparar para o plantio?

Em primeiro lugar, você deve observar se tem espaço para o seu vaso na área em que deseja que ele fique. É preciso considerar não somente o tamanho do recipiente, mas também adicionar algumas medidas para o crescimento vertical e horizontal da planta. Veja também se o lugar escolhido é ventilado e iluminado o suficiente para a espécie que você vai plantar.

O vaso deve ter, no mínimo 3 vezes o tamanho do torrão da muda — aquela parte das raízes que, geralmente, vem dentro de uma embalagem plástica. Também é importante que o vaso tenha aberturas no fundo, para garantir uma boa drenagem.

 

Como escolher a muda?

Já tendo escolhido a espécie, escolher a muda é a próxima etapa. É preciso se atentar a alguns detalhes para garantir que você está levando para casa uma planta saudável e com potencial de desenvolver-se adequadamente.

A primeira coisa é observar se ela aparenta estar com saúde. É importante que ela não esteja doente — manchas, parasitas e falhas indicam que algo não vai bem. Em segundo lugar, é interessante que a planta já apresente folhas em boas quantidades e alguns galhos já formados. A muda pode ou não apresentar frutos.

 

Como escolher o substrato?

Este ponto é especialmente importante e simples de entender o porquê. É preciso escolher um substrato bastante rico em nutrientes. Isso porque, por se tratar de um plantio em vaso, alguns processos e ciclos de fornecimento e renovação de nutrientes não acontecem naturalmente. Assim, é necessário que isso seja oferecido manualmente.

Para dar a manutenção desses nutrientes, o uso de fertilizantes é recomendado. No caso das plantas frutíferas, o ideal são os fertilizantes foliares. Isso porque, ao ser aplicado nas folhas, ele pode escorrer e chegar até as raízes, sendo absorvido também por esta parte.

 

Como plantar a muda?

Essa parte não tem segredos. Basta retirar a embalagem plástica do torrão e colocá-la dentro do vaso, que já deve conter o substrato acomodado de modo a receber a muda no centro. Depois de colocá-la, basta pressionar de modo que tudo se ajeite dentro do vaso e fique firme. Depois, é preciso caprichar na irrigação. Ela deve acontecer sempre que solo demonstre já ter absorvido a rega anterior. Outro detalhe importante é que a água deve ser aplicada de modo que escorra pelos furos no fundo do vaso.

 

Quais são os cuidados de manutenção?

Para que as suas plantas frutíferas se desenvolvam bem, alguns cuidados são necessários. A foda das folhas e galhos secos e excedentes deve ser feita sempre que você notar que eles podem estar encobrindo partes da planta, atrapalhando e irrigação ou a iluminação.

Por se tratar do plantio em vaso, pode acontecer das raízes crescerem demais. Quando isso acontecer, você notará que a produção de frutos vai diminuir e a emissão de brotos também. Nesse momento, é hora de podar as raízes, para que elas voltem a ter espaço para um desenvolvimento saudável.  O procedimento é simples: basta retirar o excesso, sem desestruturar o torrão.

A adubação também deve ser mais caprichada em determinadas épocas. O período de crescimento, de florescimento e de frutificação devem receber mais atenção.

Agora que você já sabe que é possível plantar algumas de suas frutas prediletas em vasos, que tal saber mais sobre o melhor tipo de adubo para plantas frutíferas e por que o Planta 100 é um excelente aliado na boa nutrição?