Saiba como plantar a sua roseira em casa

24/02/2017 Flores, Paisagismo

Sinônimo de amor, as rosas são uma das flores mais famosas e mais comuns quando o assunto é presentear. Delicadas e cercadas de simbolismo, são flores que se apresentam nas mais diversas cores: vermelha, branca, amarela, rosa, roxa… São opções para todos os gostos.

As rosas conquistam o coração de muita gente e não é raro encontrar majestosas roseiras florindo nas casas durante todo o ano. Se você faz parte do grupo de pessoas que sempre se encanta quando passa por uma roseira florida, nós temos boas notícias: você pode ter a sua! No post de hoje, nós separamos as melhores dicas para você plantar as suas próprias rosas.

Qual é o melhor solo?

A dica mais importante a respeito do solo é: deve haver uma boa drenagem pois as rosas não são grandes apreciadoras de água. Os solos argilosos e com boas quantidades de matéria orgânica são boas opções, desde que respeitem a premissa do escoamento. Além disso, é preciso se atentar ao pH, que deve ser estar entre 6,5 e 7,0!

Como plantar?

Há duas maneiras de realizar o plantio, variando se a sua muda é envasada ou não.

Mudas envasadas

O processo é mais do que simples: primeiro é necessário que você molhe bem a muda e faça uma cova do tamanho do torrão (parte com terra na qual está a raiz da planta). Coloque a muda e deixe o ponto de enxerto (local onde a raiz se encontra com o galho principal) a uma altura de 1 ou 2 centímetros para fora. Em seguida, preencha com terra saudável e regue.

Mudas não envasadas

Este tipo de muda exige alguns procedimentos a mais durante o processo de plantio. Primeiramente, você deve colocar as mudas, da maneira como as comprou, em um pouco de água durante 2 minutos, a fim de hidratar a planta. Depois, você deve retirar a embalagem, podar as raízes que estiverem muito longas e colocar a muda em uma cova com mais ou menos 30 centímetros de profundidade. Coloque a muda ali e cubra com terra, deixando o ponto de enxerto para fora entre 1 e 2 centímetros. Depois, é só regar.

Como deve ser a rega?

Roseiras não são muito fãs de água, por isso é preciso ter cautela. O ideal é regar em horários nos quais o sol é mais forte (meio-dia, por exemplo), mas este procedimento deve ser realizado somente até que a planta floresça. Depois disso, as regas devem acontecer apenas em períodos de seca.

Quando será a primeira floração?

Roseiras são plantas que não demoram muito a florescer. Geralmente, o tempo entre o plantio e a primeira colheita é de 40 a 45 dias!

Como deve ser feito o corte das rosas?

No caso de mudas novas, as primeiras rosas devem ter as hastes cortadas a uma altura bem curta. Depois, o corte pode ser em até ⅔ do comprimento do galho.

Como deve ser a poda?

A poda das roseiras deve ser realizada uma vez ao ano, entre os meses de junho e agosto e varia de acordo com o tipo de roseira que você cultiva.

No caso das arbustivas, o ideal é deixar cerca de 5 gemas por haste; já as trepadeiras devem ter a ponta cortada até ⅓ do comprimento da haste.

Pronto para ter as suas próprias rosas?

dicas de nutrição planta 100

dicas de como montar um jardim pequeno